O Fantástico Mundo do Enduro de Regularidade

Muitos me perguntam como fui me envolver com Enduro, na verdade nunca soube o que responder.
Quando vi estava fotografando enduro, e isso foi se tornando uma paixão, e conviver com motos nos enduros foi criando aquela vontade de tbm estar pilotando. Ate que um  dia o Allan me ensinou na tornado dele, confesso foi um desastre, acelerei pro lado errado, não tinha a mínima noção da moto.
Após isso nunca mais andei, continuei fotografando, e a vontade de pilotar cada vez aumentando.
Bom o resto da historia é simples fiz meu primeiro enduro  de regularidade no começo do ano, e superando as expectativa fiz a prova inteira, porém sem navegação.
Desde então tenho feito algumas provas, e confesso que a cada prova que faço a paixão aumenta, não é somente pilotar, gosto muito MUITO de navegar, não é uma questão de competir com os outros e sim com você mesmo de navegar direito, de cometer menos erros possíveis, é uma caça ao tesouro como diria o Cassius.
Ajudar na organização faz muita diferença também, esse foi o segundo ano no qual ajudei na organização do cachorro louco, o primeiro em que pude andar nos trechos da prova. Aprendi a valorizar muito os organizadores do enduro, só quem organiza pra saber o trabalho que dá um enduro. Levantamento de prova, desenho de planilha, definição de medias(chuva e seco), limpeza das trilhas, marcação de pc’s, experimental, logística do apoio, ajustes e correção dos desenhos etc etc…
Portanto em cada prova que ando penso o trabalho que deu para a equipe organizar para que tudo corresse bem no dia, as vezes imprevistos acontecem, mas serve somente de aprendizado para as próximas provas.  Mas sempre valorizo muito o empenho da equipe organizadora.
Esse ano tive a oportunidade de ver de perto a estrutura do maior Enduro de Regularidade o Independência. As diferenças dos nossos enduros aparecem, primeiro pelo terreno, pelas longas distancias, que ligam as cidades, cada lugar tem a sua forma de enduro, no estilo de largada, no estilo de planilha tanto do piloto quanto a do apoio. Mas é muito bom ver essas diferenças, conversar com pilotos acostumados com outros terrenos.
Falar da experiência de fazer apoio no independência, renderiam uns bons post’s, é uma experiência muito legal, ainda mais para quem é apaixonado por enduro.
Domingo corri mais um enduro, a vontade de navegar após voltar do apoio do EI, era enorme, peguei a planilha na quarta e já estudei, preparei tudo como sempre, moto, compass(adoro programar o compass), R2, equipamento, mas o SE do enduro apareceu pela primeira vez em uma prova, momentos antes da largada meu sensor do compass não funcionou, fiquei triste chateada,  pois queria muito navegar, mas já que não tinha jeito, fui para a prova sem odometro, trilhas ótimas nunca tinha andando com o tempo tão seco, sem encontrar uma “laminha” pela trilha muito pó, me divertir muito, como sempre em todos os enduros, enduro é DIVERSÃO.
Isso é enduro cheio dos SE’s, a cada enduro é um aprendizado.

Pessoal no Apoio do Independencia

Postando Informações no forum do TCC

Companheiro de todos os Momentos

Bronze, parceiro em todas!!

Um comentário sobre “O Fantástico Mundo do Enduro de Regularidade

  1. Andar de moto é vício, vício que não mata e que só amplia amizades. Daqui umas provas perco minha companheira de risadas e tombos. Por que eu aposto que logo logo ela anda sozinha e desbanca muitos marmanjos. Navega perfeito e tem determinação. ¨se¨ não fossem os deitas rex, não tinha para ninguem. AH teve o problema no ¨coiso¨ tambem no lavaipó ( sumiu a lama).
    Boa sorte sempre mocinha

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s